O novo equipamento digital disponibiliza imagem mais precisa com menos radiação.

A tecnologia do Raio-X digital é altamente avançada e está á disposição dos pacientes que buscam atendimento na urgência e emergência do Hospital Municipal de Santarém Dr. Alberto Tolentino Sotelo (HMS). A inauguração do novo aparelho foi realizada na tarde de ontem, 26 de setembro, pelo prefeito Nélio Aguiar; secretária de saúde,  Dayane Silva; alguns secretários do governo, vereadores e colaboradores da Unidade.

Com imagem em alta definição, os médicos conseguem dar um diagnóstico mais preciso, com mais agilidade. Segundo o prefeito de Santarém, a precisão e rapidez do diagnóstico num hospital de urgência e emergência é crucial para salvar uma vida. “Nós queremos trazer o Hospital Municipal para a era digital, eliminando o uso de películas, já que as imagens são instantâneas”, enfatizou.

Antes, era necessário o uso de reveladoras e o exame era apresentado através de uma lâmina, colocando os colaboradores em contato com produtos químicos e muita radiação. Além de possuir um alto custo, gerava grandes impactos ambientais. Agora, todo o processo passa a ser muito mais eficiente e menos poluente.

Em média, 350 pacientes chegam ao HMS por dia; desses, cerca de 170 precisam realizar exame de Raio-X. “No antigo equipamento, por ser mais lento, o número de exame que se conseguia fazer no dia era de 110. Os mais graves tinham prioridade”, destacou a secretária de saúde.

 

Preparação para instalação

Para que este novo equipamento pudesse ser instalado, foram necessárias adequações estruturais na sala seguindo as exigências de segurança do fabricante. Os técnicos e tecnólogos passaram por treinamentos para estarem aptos a utilizar o novo Raio-X.

A visualização do exame é feita através da tela do computador. Assim, se o radiologista achar necessário reposicionar o paciente, isso é feito na mesma hora.

O próximo passo da direção do HMS é disponibilizar computadores para todas as salas em que a equipe médica atende. “Com os computadores, os médicos recebem o resultado na tela, com detalhes específicos descritos. Isso, além de importante no diagnóstico, ajuda a tratar mais rápido e melhora o fluxo no Hospital”, finalizou Silvério Cardoso, diretor administrativo do Hospital e da UPA.