24 hrs aberto

(93) 3523-2175

Dilcinéia Portela recebeu a mais alta honraria do município devido a atuação à frente da Unidade no enfrentamento do COVID-19.

A entrega da medalha ocorreu na noite de segunda-feira, 22 de junho, em comemoração ao aniversário de 359 anos da cidade de Santarém. A coordenadora da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas, a enfermeira Dilcinéia Portela recebeu a honraria como forma de homenagem pelo trabalho desempenhado na Unidade. Ela representa todos os colaboradores que atuam na linha de frente do combate ao novo Coronavírus. Além dela, mais cinco pessoas receberam a medalha. O evento ocorreu na Casa de Cultura.

Na ocasião, estiveram presentes o governador, Helder Barbalho; o prefeito, Nélio Aguiar; a secretária de saúde, Dayane Lima; vereadores e o secretário de governo, Henderson Pinto.

 

Sobre a homenagem

A entrega da medalha é a principal honraria do município, intitulada com o nome do fundador da cidade, Pe. João Felipe Bettendorf. Ela foi instituída pela Lei nº 9.386, de 9 de junho de 1981. Há 39 anos diversas personalidades são reconhecidas como fundamentais para o desenvolvimento da cidade. Todas são consideradas referências nas respectivas áreas de atuação.

A coordenadora da UPA conta que recebeu a novidade com muita surpresa e alegria. Ela destacou a atuação e dedicação de toda a equipe. “Hoje eu sou a representatividade de todos que atuam na Unidade, pois saúde se faz com o coletivo”, falou a homenageada.

O Governador do Pará, Helder Barbalho, parabenizou pelas escolhas, reforçando o quanto as pessoas homenageadas são importantes na área que atuam. “É preciso trabalhar junto para salvar o que é mais precioso, a vida do próximo”, disse. Ele foi um dos homenageados no ano passado.

Destaque para a Saúde 

O Prefeito de Santarém, Nélio Aguiar, que é médico, aproveitou o discurso para evidenciar a área da saúde que está sendo essencial no combate à COVID-19. No palco, reforçou a parceria com todos os líderes da UPA. “Esse momento para reconhecer publicamente pelos serviços prestados ao município, com o adendo de salvar vidas”, destacou ele. 

Já a secretária de saúde do município, Daiane Lima, afirmou que a homenagem feita a Dilcinéia é também para todos os profissionais de saúde, principalmente os que atuam na linha de frente do enfrentamento à pandemia. “As equipes de enfermagem foram guerreiras e merecem todo os aplausos. Elas não medem esforços no trabalho da assistência”, evidenciou. 

Além da Coordenadora, foram homenageados também o advogado, escritor e procurador fiscal do município, José Olivar Azevedo; a médica infectologista Mariana Quiroga; o neurocirurgião Erik Jennings; a pastora e evangelizadora Rebeca Hrubik e o chefe de cozinha Saulo Jennings.